TORRE MONTPARNASSE EM PARIS – FRANÇA

Torre Montparnasse, Les Invalides & telhados de Paris, França : Foto de stock

O flagrante contraste arquitetônico da Torre Montparnasse    –  imagem do site gettyimages

Ao ver o enorme edifício de 209 m de altura, com 58 andares,  encravado próximo à estação de metrô  “Montparnasse Bienvenue” (linhas 4, 6, 12 e 13), na Avenue du Maine nº 33,   a primeira sensação talvez seja de estranheza, por destoar tão acintosamente do tradicional  cenário urbano parisiense, marcado pela unicidade arquitetônica.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

A uniformidade arquitetônica de Paris  é decorrente da reforma urbana promovida por Georges-Eugène Haussmann  entre 1852 e 1870.

No piso térreo da Torre está instalado o centro comercial “Montparnasse Rive Gauche”, mas seu maior atrativo é, indiscutivelmente, o “Observatoire Panoramique de la Tour Montparnasse” , nos andares 56 e 59 , que oferece uma vista de 360° de uma das mais famosas  cidades do mundo.

Como elemento encorajador  constata-se que, geralmente,  a fila no saguão do edifício é bem menor do que aquela enfrentada na Torre Eiffel, embora o valor do ingresso seja quase o mesmo.

O painel do elevador faz a contagem regressiva dos 38 segundos necessários  para chegar até o 56º andar, onde os visitantes desembarcam num espaço todo envidraçado e encontram uma cafeteria e um stand de souvenirs que, num primeiro momento,  não conseguem roubar a atenção do indescritível panorama exterior.

Venda de “souvenirs” no 56º  andar da Torre Montparnasse    (imagem do blog.panrotas.com.br)

Vista parcial do andar panorâmico da Torre Montparnasse     (imagem do blog.panrotas.com.br)

Se não for um dia chuvoso ou muito frio, o ideal é subir  pelas escadas até o terraço (onde o desconforto do vento é amenizado pelas proteções de vidro) e aproveitar a vista ao ar livre.

1-tour-montparnasse

Foto do terraço publicada no site:  metalisca.com/portfolio-view/tour-montparnasse-paris-france

A construção do primeiro arranha céu de Paris  foi iniciada em 1969 e concluída em 1973. Atualmente,  a Torre Montparnasse  ainda figura entre os vinte e cinco edifícios mais altos da Europa, embora tenha perdido a primeira posição na cidade para a  “Tour First”  (com 231 m. de altura) inaugurada em 2011  na região de “La Défense”.

A grande vantagem da Torre Montparnasse  em relação à vista panorâmica proporcionada pela emblemática Torre Eiffel é justamente o enquadramento do principal ícone parisiense no cenário urbano ( e isso faz toda a diferença !).

A visualização do tradicional conjunto composto pela Escola Militar,  “Champs de Mars” , Torre Eiffel,  jardins do Trocadero e “Palais du Chaillot”  é formidável,  num contraponto com os altos edifícios que integram a moderna região de  “La Defense” .

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Escola Militar, Campo de Marte, Torre Eiffel e “Palais du Chaillot”

A sensação de observar a cidade, como se fosse uma maquete, induz ao desafio de tentar identificar as construções, monumentos e áreas verdes que se sucedem (mas, claro, existem informações disponíveis para que o visitante possa satisfazer a curiosidade).

Monitor com informações em vários idiomas no andar panorâmico                   (imagem do blog.panrotas.com.br)

É muito interessante poder enxergar o Louvre por inteiro, ver o Jardim de Luxemburgo como um tapete verde no meio das construções, adivinhar o cemitério “Père Lachaise” escondido numa mancha esverdeada mais distante, admirar o imponente “Invalides” se erguendo sobre um mar de prédios claros, assim como a Igreja “Saint Sulpice” tão próxima  ou  a “Sacre Coeur” mais ao longe.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Jardim de Luxemburgo  e o Pantheon (com a cúpula coberta) à direita

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

“Invalides”  com sua cúpula dourada se destacando  na paisagem

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Igreja de “Saint Sulpice”  em primeiro  plano  (à esquerda)

Além da impressionante amplidão da vista diurna, outra opção muito atraente é a contemplação da “Cidade Luz” após o por do sol.

O restaurante “Le Ciel de Paris” (no 56º andar) é bastante concorrido, em especial no horário do jantar, não apenas pela qualidade e bom atendimento como também por proporcionar aos clientes o fabuloso cenário da cidade toda iluminada.

Independente de usufruir os serviços do restaurante ou do “360 Café”  a simples possibilidade de admirar Paris sob um ângulo tão privilegiado, seja durante o dia ou a noite, irá render momentos memoráveis e belas imagens fotográficas.

Imagem relacionada

Imagem  divulgada pelo site: http://www.flickriver.com

Os horários de visita são:  de 10 de Outubro a 31 de Março (Outono/Inverno) das 9:30- às 22:30 h de domingo a quinta-feira e das 9:30 às 23:00 h às sextas-feiras, sábados e vésperas de feriados.  De 1º de Abril a 30 de Setembro (Primavera/Verão) – das 9:30 às 23:30 h diariamente. O último elevador sobe 30 minutos antes do fechamento.

Não é  muito comum a inclusão da Torre Montparnasse nos programas parisienses porque, sem dúvida, não há como competir com outros atrativos mais famosos. No entanto, num dia ensolarado ou numa noite estrelada, a vista espetacular proporcionada por esse “patinho feio arquitetônico”  é a melhor  justificativa para  sua controvertida existência.